Conservação: o melhor caminho para a preservação do Patrimônio Histórico Cultural

ESCAIOLAS EM PELOTAS

Quando pensamos em bens arquitetônicos que compõem o patrimônio cultural de uma cidade, é comum elencarmos a necessidade de restauração destas edificações. Porém, segundo o Manual do Usuário de Imóveis Inventariados de Pelotas, uma das melhores formas de preservar uma edificação histórica é a conservação preventiva. Conservar preventivamente significa adotar um conjunto de medidas para prevenir o aparecimento de danos em uma edificação evitando que o edifício chegue a um alto nível de degradação e seja necessário recorrer à restauração.

O Manual de Elaboração de Projetos do Programa Monumenta/IPHAN define conservação como o conjunto de ações destinadas a prolongar o tempo de vida de determinado bem cultural.

Segundo o Manual do IPHAN, o termo conservação engloba um ou mais tipos de intervenções que podem ser classificadas nas seguintes ações:

  • Manutenção – conjunto de operações preventivas destinadas a manter em bom funcionamento e uso, em especial, a edificação. São exemplos: inspeções rotineiras, a…

Ver o post original 158 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s